Apartamento Jardim Varanda

Como construir um jardim em apartamento? Aprenda agora!

como-construir-um-jardim-em-apartamento-aprenda-agora.jpeg
Escrito por Provenda

A tendência do verde na decoração ganhou muita força nos últimos anos, mas não por se tratar dos móveis, revestimentos ou eletrodomésticos do seu lar. Ao contrário, o foco dela é o cultivo de plantas dentro da sua moradia — o que acaba incentivando as pessoas a terem uma vida mais saudável e em contato com a natureza, assim como é no campo. Porém, quem mora em condomínio costuma ficar em dúvida sobre como fazer um jardim em apartamento.

Para ajudar você nessa tarefa, a gente reuniu algumas dicas simples sobre melhores ambientes para ter plantas, como optar pelas espécies certas e, inclusive, quais materiais não podem faltar. Acompanhe e se inspire!

Escolha o local adequado

Para começar, escolha um local adequado para fazer um jardim em apartamento. Ou seja, um espaço que tenha boa ventilação, não sofra mudanças muito grandes de temperatura e que tenha iluminação natural (mesmo que de forma indireta por meio de janelas, por exemplo). 

Essas três características são essenciais para garantir que diferentes plantas possam se desenvolver ao passar do tempo. Alguns locais que se encaixam nesse perfil são a varanda, o hall de entrada, o corredor, a área de serviço e a sala de estar. Ah, lembrando que áreas sem uso do seu apartamento também podem ser bastante úteis aqui, viu?

Opte pelas plantas certas

O momento de decidir por quais plantas você terá deve ser baseado em duas coisas muito importantes. A primeira delas é o local definido para o jardim. A razão disso é simples: há espécies que podem viver tranquilamente na sombra. No entanto, há outras que realmente precisam ser expostas ao sol diariamente ou, pelo menos, dia sim e dia não.

Daí já viu: plantas como a lavanda, a azaleia e a begônia são as mais indicadas para a varanda, pois elas recebem mais iluminação direta. Já plantas como a maranta, a costela-de-adão e o lírio-da-paz combinam mais com o corredor e a sala, visto que ambos recebem mais iluminação indireta.

A segunda, por outro lado, tem a ver com a sua disponibilidade de tempo. Isso porque às vezes você tem uma rotina mais agitada por conta do trabalho e dos compromissos familiares e não tem como se comprometer a regar as plantas diariamente, não é mesmo?

Portanto, o ideal é cultivar aquelas que não precisam de muita água para sobreviverem, podendo passar dias e até mesmo semanas sem serem regadas, como é o caso da aloe vera, da espada-de-são-jorge, da suculenta, do cacto e da crassula.

Tenha o material necessário

Por fim, não pode faltar alguns materiais que são bastante úteis para facilitar as regas, a poda das plantas, o adubamento e, é claro, a troca de terra dos vasos — independentemente de eles estarem em treliças, cavaletes, estantes ou no chão. Entre eles, podemos citar:

  • regador com regulação de saída de água;
  • tesoura para poda de galhos;
  • conjunto de ferramentas para terra (com garfo, pá, ancinho e arrancador).

Com algumas dicas simples, é possível fazer um jardim em apartamento que seja fácil de cuidar e cultivar ao longo dos anos. O melhor de tudo é que assim você não só traz verde para dentro do seu lar, mas também melhora o clima dos cômodos e, de quebra, deixa a decoração do imóvel ainda mais bonita. Por isso, já sabe: siga as dicas à risca!

Aproveite e nos siga no Facebook, Instagram, YouTube, Twitter e LinkedIn para conferir outras sugestões para deixar seu imóvel cada vez mais agradável para a sua família!

Sobre o autor

Provenda

A Provenda Imobiliária é uma empresa com tradição. São mais de 35 anos de mercado sempre buscando inovar para melhor atender ao seu cliente.

Gostou? Deixe seu comentário

Share This