Confira 5 dicas para conseguir um fiador

Quem mora de aluguel sabe que um dos principais pontos para conseguir fechar um contrato é ter um fiador.

De acordo com dados do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), este tipo de garantia locatícia foi utilizado em 45,5% dos contratos assinados em dezembro do ano passado, provando ser a modalidade mais econômica entre as garantias.

Mas conseguir um fiador não é uma tarefa fácil. Se você vive em imóvel alugado e quer saber como fazer isso, confira neste artigo algumas dicas que vão ajudá-lo a resolver essa situação!

1. Saiba quem pode ser fiador

Assim como as outras garantias locatícias — como caução e seguro fiança —, o avalista na locação é alguém que vai arcar com os custos do aluguel caso o inquilino deixe de pagar o valor em dia. O fiador precisa ter renda três vezes maior do que o valor do aluguel, deve ser proprietário de imóvel na mesma cidade e também é necessário ter o nome limpo.

2. Procure pessoas próximas

Na maioria dos casos, os fiadores são parentes dos inquilinos. Isso acontece porque o pedido para se tornar avalista na locação é muito delicado. Se você precisar recorrer a alguém para ser o seu fiador, procure os seus pais, irmãos ou tios.

Há casos em que amigos mais próximos também aceitam ser fiadores, mas essas situações são mais raras, porque é preciso ter uma intimidade equivalente à pedir dinheiro emprestado.

 

3. Seja sincero sobre situação financeira

Quando for falar com a pessoa que pedirá para ser o seu fiador, seja franco e direto. De preferência, tenha uma conversa reservada. Evite iniciar o assunto ou abordar a pessoa durante uma festa, por exemplo.

Fale francamente e explique as razões que levaram a essa escolha. Demonstre que você compreende a importância e responsabilidade do pedido.

corretor - provenda

4. Dê garantias de pagamento

O futuro fiador também precisa ter segurança de que você terá condições de pagar o valor do aluguel sem atrasos. Por isso, apresente garantias de que você tem a renda necessária para arcar com os custos da locação.

Você pode utilizar como argumento o tempo em que está no seu emprego, as perspectivas de promoção e de melhorar o salário, além de opções que você tenha para recorrer caso o orçamento diminua.

5. Avalie outras formas de garantia locatícia

Caso nenhum parente ou amigo tenha a possibilidade de ser o seu fiador. Uma alternativa são os fiadores profissionais. Pessoas que cobram para autorizar a inclusão do nome no contrato de locação.

Essa alternativa é arriscada, pois alguns casos trata-se de golpes financeiros, que utilizam a necessidade de um fiador para obter os dados pessoais e dinheiro dos interessados.

Além do fiador, há outras opções de garantias locatícias que são aceitas por proprietários e imobiliárias, como seguro fiança, título de capitalização, seguro cardif e caução de imóvel.

Com essas dicas para conseguir um fiador, você poderá buscar pessoas de confiança e fechar o seu contrato de locação. Agora, basta reunir a documentação e assinar os papéis!

Quer ficar por dentro de outras informações sobre o mercado imobiliário? Siga nosso perfil nas redes sociais e não perca nenhuma novidade: estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn!

Aluguel ou casa própria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *