Saiba como escolher uma imobiliária de confiança

Mesmo diante de um cenário político e econômico de incertezas, o investimento no setor imobiliário continua sendo um dos mais seguros do mercado. Isso se deve ao fato de que os imóveis são bens que raramente desvalorizam com o uso e nem podem ser furtados como carros ou joias, por exemplo.

É por conta desse cenário estável que muitas pessoas resolvem apostar suas reservas financeiras no mercado imobiliário. A valorização é certa e ainda é uma forma de deixar o patrimônio seguro. Entretanto, muitas pessoas não sabem como escolher uma imobiliária.

Se você tem pensado sobre o assunto e pretende se aventurar no caminho do investimento imobiliário, este post é para você. Quer entender como proceder na escolha da melhor imobiliária? Precisa sanar as principais dúvidas para tomar a melhor decisão? Confira as dicas e ideias que listamos para ajudar você nessa jornada! Vamos lá?

Confira se a imobiliária possui registro no CRECI

O primeiro passo para você escolher uma imobiliária de confiança é conferir as empresas que têm registro junto ao CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Esse é um órgão regional vinculado ao COFECI (Conselho Federal de Corretores de Imóveis) e que é responsável por fiscalizar e normatizar as atividades de corretagem. 

O registro atesta aos clientes que a imobiliária atua com seriedade e comprometimento, além de mostrar que trabalha dentro da legalidade. Fazer negócios com uma imobiliária em situação regular garante que todas as atividades da empresa serão supervisionadas, tanto como empresa quanto como pessoa física (corretores de imóveis).

Você também pode ficar certo de que, no caso de qualquer irregularidade, o CRECI ou o COFECI podem lhe auxiliar a tomar as medidas cabíveis. Em geral, as imobiliárias deixam o número de registro bem à mostra. Ele pode estar no cartão de visitas, na placa da fachada e no site da empresa. É uma forma de economizar tempo e para deixar os consumidores seguros antes mesmo de realizarem a pesquisa.

No entanto, caso o registro não esteja fácil de ser localizado, basta que você faça uma pesquisa no site oficial do órgão. Mas atenção: além de a empresa ser registrada, é fundamental que todos os corretores também estejam atuando sob a fiscalização do CRECI.

Analise a experiência e reputação da imobiliária

Uma empresa sólida é aquela que conseguiu construir uma boa reputação ao longo dos anos — ou seja, que ajudou muitos clientes a conquistarem suas necessidades e desejos da melhor forma possível. No ramo imobiliário, isso não é diferente.

Com a internet, ficou cada vez mais fácil pesquisar o histórico de uma empresa. Seja no site oficial da empresa, seja em suas redes sociais, é possível saber seu tempo de atuação no mercado e a forma como ela lida com seus clientes. Quanto mais tempo de atuação, maiores são as chances de que essa seja uma imobiliária confiável.

Outro ponto importante são as redes sociais. Ao visitar os perfis e conferir as avaliações, comentários e reações, é possível analisar como a empresa é percebida não só pelos clientes, mas também por outros profissionais do mercado.

Os sites de reclamação também devem ser pesquisados nessa hora. Faça uma boa análise não só do número de reclamações, como também do teor de cada uma delas, das respostas da imobiliária e da avaliação final do atendimento. Essa minúcia na pesquisa vai ajudar a esclarecer quais são os principais tipos de problema encontrados, o seu grau de seriedade e a postura da empresa diante das adversidades.

Procure indicações com pessoas conhecidas

Outra forma de acertar na escolha é buscar dentro de seu círculo pessoal e social informações sobre boas imobiliárias. Afinal de contas, quase todo mundo já comprou e/ou alugou uma casa ou apartamento. Essas informações podem ajudá-lo a encontrar uma empresa de confiança, assim como o profissional que vai auxiliá-lo melhor a encontrar a propriedade dos sonhos.

A vantagem da pesquisa junto a pessoas conhecidas é que, dessa forma, fica muito mais difícil receber alguma informação ou indicação que não seja confiável. Aliás, quando o assunto é imóvel, as pessoas mais próximas — por entenderem a seriedade do investimento — costumam ter o real interesse de ajudar para que essa empreitada seja bem-sucedida!

Visite a sede da imobiliária

Por mais que a presença no meio digital tenha se tornado indispensável para as imobiliárias que desejam se destacar da concorrência, não se deixe levar apenas pelo site ou perfis em redes sociais: a visita ao espaço físico é imprescindível. Essa é uma medida de segurança para evitar cair em golpes de falsas empresas.

O escritório não precisa ser luxuoso, mas é fundamental que transmita para o visitante a organização e o cuidado que a empresa tem com toda a documentação que envolve a compra de um imóvel. Portanto, verifique o investimento em material e ambiente de trabalho para entender qual é o nível de seriedade do trabalho desenvolvido por lá.

Identifique a localização da imobiliária

Outra dica para você fazer uma escolha certeira na hora de decidir pela imobiliária é identificar onde ela está instalada. O lugar da sede da imobiliária costuma indicar qual é a região de maior incidência de imóveis da empresa. Por isso, se você tiver preferências por bairros, faça uma pesquisa pelo entorno desses lugares.

As imobiliárias podem até contar com propriedades mais distantes, mas é comum optar por um raio reduzido. E dá para entender por que isso acontece: quanto menor a distância para deslocamento, maior é a economia do tempo e do dinheiro para visitas e demais atividades pertinentes à imobiliária.

Proprietários também optam por imobiliárias próximas aos imóveis, já que isso também facilita a vida deles na hora de resolver problemas, assinar contratos etc.

Outro motivo para as imobiliárias priorizarem imóveis próximos à sua instalação é que elas têm que conhecer a fundo a região. Clientes perguntam sobre índices de criminalidade, dinâmica do bairro, facilidades, conveniências e infraestrutura. O acesso a esse conhecimento fica muito mais fácil quando já se está instalado na região.

Verifique a carteira de imóveis

Por fim, não deixe de observar também a quantidade e os tipos de residências que a imobiliária negocia. Essa é uma dica essencial para você saber se a empresa trabalha com o padrão de imóveis que você procura. Isso torna a busca por uma propriedade muito mais fácil.

Muitas vezes, escritórios acabam se especializando em clientes com perfil específico. Algumas concentram seus trabalhos em quitinetes, outras optam pelo nicho dos imóveis de luxo e existem até mesmo as imobiliárias especializadas em terrenos, por exemplo. Portanto, você precisa saber se ela poderá lhe oferecer o maior número de possibilidades possível para escolher na hora de investir.

Isso poderá fazer toda a diferença entre fechar um bom negócio ou se arrepender depois de bater o martelo, pois uma imobiliária especializada no tipo de imóvel que você procura poderá indicar melhores oportunidades. Por isso, pesquise a empresa que pode fazer mais e melhor por você e evite desilusões!

Agora que você já sabe como escolher uma imobiliária de confiança, que tal se manter informado com as melhores dicas e informações para comprar a sua propriedade? Aproveite e entre em contato conosco para descobrir todas as opções que temos especialmente para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *