Saiba Como Não Ser a Próxima Vítima de Golpes Imobiliários

A compra do seu novo imóvel é um momento muito especial. Porém, toda a alegria dessa grande conquista pode ir de água abaixo se você não estiver atento às armadilhas e golpes que existem até mesmo no mercado imobiliário.

Mas como é possível se proteger e se manter longe dos oportunistas e golpistas que só querem nos passar a perna?

Veja as dicas listadas neste artigo e nunca mais corra o risco!

1. Verifique o CRECI do corretor e da imobiliária

Para responder a essa pergunta, acesse o site do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) do seu estado e verifique os dados do profissional que você escolheu ou da imobiliária. Essa é uma medida muito simples que faz toda diferença!

Dessa forma, você dificilmente cairá no conhecido “golpe do porteiro”. Nessa modalidade, um criminoso encontra um apartamento cujas chaves estão com o porteiro do prédio.

O próximo passo é levar o comprador até lá e apresentar o imóvel como se fosse um corretor de verdade.

Depois disso, ele solicita um sinal ou um cheque calção para reservar o imóvel. O final da história você já pode imaginar.

2. Desconfie de valores abaixo do mercado

Durante a pesquisa de imóveis disponíveis, você acaba tendo uma noção do valor médio do mercado. Ao encontrar alguma oferta muito abaixo do valor, cuidado!

As chances de ser golpe são altas. A avaliação de um corretor de confiança também deve ser levada em conta nessa hora.

 3. Vá ao cartório para não cair em golpes na compra de imóveis

A tecnologia utilizada pelos golpistas atualmente faz com que um documento falso fique muito parecido com documentos originais. Por isso, ir ao cartório e solicitar as certidões é o melhor a fazer para verificar se os documentos apresentados pelo vendedor são legítimos.

No cartório, solicite também a certidão negativa sobre ônus referente ao imóvel do seu interesse antes de fechar negócio. Essa certidão garante que não há débitos.

4. Visite o imóvel antes de fechar a compra

Outro golpe já registrado é a venda de um imóvel que não corresponde aos documentos apresentados pelo vendedor ou até de um imóvel que não existe.

Para não cair nessa, visite o imóvel e cruze os dados do bem visitado com os dados das certidões que você adquiriu no cartório.

Se houver qualquer discordância, por menor que seja, a compra do imóvel pode estar comprometida.

5. Só feche o negócio com agente credenciado ou proprietário

Só aceite fechar o negócio com uma imobiliária, com o proprietário ou com uma pessoa certificada pelo CRECI.

Existem vários golpistas no mercado que justificam a ausência do proprietário do imóvel com viagens ou moradia no exterior, por exemplo. Eles se apresentam como um parente próximo, supostamente autorizado a fazer a venda.

6. Registre o imóvel assim que concluir a compra

Um dos golpes mais comuns hoje em dia é a venda de um imóvel para mais de um comprador. Legalmente, o novo proprietário será aquele que registrar primeiro o imóvel. Assim que assinar os documentos de compra, vá direto a um cartório.

Fique atento também às taxas cobradas pelo cartório. Apesar do alto custo dessa transação, ela é indispensável para a segurança do bem que você está adquirindo.

Os golpes estão aí, cada vez mais comuns no mercado, dificultando a transação de quem quer fazer um negócio limpo e uma boa compra. Mas agora que você já sabe como evitar essas enrascadas, que tal se preparar para fazer o melhor investimento?

Veja agora qual é o momento certo para comprar um imóvel!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *