Aluguel

Saiba o que é analisado no momento da vistoria de imóveis

saiba-o-que-e-analisado-no-momento-da-vistoria-de-imoveis.jpeg
Escrito por Provenda

Antes de anunciar um imóvel para locação, é importante prestar atenção nas condições em que ele se encontra. Nesse sentido, a vistoria de imóveis é uma etapa essencial que deve ser observada antes da assinatura de qualquer contrato.

Trata-se de um procedimento que busca identificar possíveis danos na estrutura do bem e atestar a situação da habitação. Essa medida também evita futuros problemas e desavenças entre o inquilino e seu locatário.

Para ajudá-lo nessa tarefa, neste artigo, você entenderá melhor o que é a vistoria de imóveis e o que deve ser analisado durante esse procedimento antes de o bem ser anunciado para locação. Confira!

O que é a vistoria de imóveis?

A vistoria de imóveis consiste na análise e documentação de todos os detalhes que estão presentes nessa construção — estruturas, acabamento, pintura, sistema elétrico e hidráulico, fachadas, janelas, pisos etc. Desse modo, é possível atestar se o imóvel está em plenas condições de ser habitado pelo inquilino.

Fazer a vistoria do imóvel é um passo tão importante quanto assinar o contrato, pegar as chaves e se mudar de fato. Apesar de não ser uma prática obrigatória, ela é recomendada como forma de assegurar os direitos de ambas as partes diante de um contrato de locação e evitar surpresas desagradáveis no futuro.

Desse modo, o proprietário consegue comprovar a situação do bem no momento em que as chaves forem entregues para o inquilino. Por outro lado, o locatário também pode provar condições do imóvel anteriores à sua mudança, o que o resguarda contra eventuais reparos e reformas que não são de sua responsabilidade. Entendeu a importância desse procedimento para ambos os lados?

A Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91) prevê a vistoria de imóveis em seu art. 22. Confira a redação desse dispositivo:

“O locador é obrigado a:

V – fornecer ao locatário, caso este solicite, descrição minuciosa do estado do imóvel, quando de sua entrega, com expressa referência aos eventuais defeitos existentes.

O que deve ser analisado em uma vistoria de imóveis?

Antes de fazer a vistoria do imóvel a ser alugado, é importante fazer um checklist contendo alguns itens que devem ser analisados. Essa precaução pode diagnosticar imperfeições e defeitos no bem, o que poderia causar sérios problemas no futuro. Confira, a seguir, alguns aspectos que precisam ser observados e devidamente documentados durante esse procedimento.

Pintura

É importante analisar as condições de pintura do imóvel, tanto na parte interna quanto na externa — se ele foi pintado recentemente, se há a presença de riscos, descamação ou manhas na parede e as cores, por exemplo. A existência de manchas entre a parede e o teto ou chão pode ser sinal de bolores ou umidade causada por vazamento de água ou infiltração.

Se a última pintura tiver sido realizada há bastante tempo, provavelmente será necessário fazer uma nova. Até porque a chuva tem o potencial de descascar e deixar a parede com aquele aspecto sujo e feio.

Desse modo, sempre que um imóvel estiver sendo preparado para ser colocado para locação ou houver a troca de inquilinos, é importante fazer uma nova pintura para deixar o ambiente com um aspecto mais clean e arejado.

Revestimento

Observe a situação de toda a estrutura que compõe o revestimento — pisos, azulejos, reboco e rejunte, entre outros. Caso você veja que há rachaduras buracos ou pisos faltando, por exemplo, é hora de fazer uma forma. Afinal, o revestimento é um elemento fundamental para a estética do imóvel, contribuindo para proporcionar um acabamento bonito e moderno.

Para isso, observe se as paredes apresentam uma textura plana e retilínea. Para isso, é preciso passar a mão para verificar a presença de ondulações, buracos ou o estufamento da tinta utilizada na pintura.

Parte elétrica

A observância da parte elétrica evita as sobrecargas da rede, o que pode causar curto-circuito, panes e até mesmo incêndios. Nesse caso, é avaliada a situação das tomadas e da fiação de toda a propriedade. Além disso, deve-se ter o cuidado de observar a possível presença de fios expostos e indícios de adaptação que geram pontos irregulares de energia, os famosos “gatos”.

Pisos

Verifique a provável existência de pisos instáveis ou prestes a se soltar, bem como buracos ou defeitos nos ladrilhos, azulejos quebrados, quebrados ou arranhados. Tudo deve estar devidamente informado no documento de vistoria do imóvel.

Fachada

A fachada é um elemento essencial para o imóvel. Afinal, a parte da frente influencia a estética externa da propriedade e tem a capacidade de gerar, de imediato, tanto uma impressão positiva quanto negativa sobre aquela habitação. Por isso, verifique a conservação das paredes, portões, grades e janelas. Veja se não há defeitos que impedem a abertura correta das janelas e portões.

Forros

Veja se o forro do imóvel não tem estruturas soltas nem rachaduras, buracos ou infiltrações. Anote tudo na documentação de vistoria, caso haja a necessidade de realizar eventuais reparos.

Sistema hidráulico

A análise do sistema hidráulico evita a ocorrência de vazamentos, possíveis entupimentos e as válvulas que podem estar soltas. Para isso, verifique a situação das pias, torneiras, sanitários e chuveiros.

Assim sendo, verifique se tudo está funcionamento em plena sintonia. Para isso, acione a descarga dos vasos sanitários para ver se há entupimentos, abra as torneiras e os chuveiros para saber a vazão e o nível de escoamento de água.

Um indício de problemas na parte hidráulica é a aparência da pintura do imóvel. Se estiver escura ou com muitas manchas, pode ser sinal de umidade, gotejamento e, como consequência, de vazamentos.

A vistoria de imóveis é um procedimento que, apesar de não ser obrigatório, é essencial para verificar o estado da infraestrutura do bem e para resguardar, tanto o locador quanto o locatário, sobre a situação da residência antes da entrega das chaves e da efetiva mudança do inquilino para o local. Portanto, não menospreze esse procedimento e dê a devida importância a essa espécie de inspeção imobiliária.

Entendeu a importância da vistoria de imóveis? Quer saber mais sobre as questões envolvendo esses bens? Então assine a nossa newsletter e receba nossos próximos conteúdos exclusivos diretamente na sua caixa de e-mail!

Sobre o autor

Provenda

A Provenda Imobiliária é uma empresa com tradição. São mais de 35 anos de mercado sempre buscando inovar para melhor atender ao seu cliente.

Gostou? Deixe seu comentário

Share This