Financiar imóveis: aprenda mais sobre isso

financiar-imoveis-aprenda-mais-sobre-isso.jpeg

Na hora de escolher como fechar negócios, a opção de financiar imóveis é uma das alternativas mais populares. Mas é preciso conhecer a modalidade a fundo para garantir que a transação seja o mais tranquila — e menos burocrática — possível.

Vamos nos debruçar hoje sobre essa forma de pagamento, entendendo o que é o financiamento imobiliário e seu funcionamento, além de oferecer cuidados e dicas para garantir o sucesso da transação. Vamos lá?

O que é o financiamento de imóveis

Por mais que comprar à vista seja a modalidade mais interessante para adquirir seu imóvel, muitas pessoas não podem dispor do valor integral sem esvaziar o bolso e não ter como arcar com as despesas subsequentes.

O financiamento é um empréstimo que você toma de uma instituição; ele arca com o valor integral e você faz o repasse do valor, com os devidos juros e taxas. Ele geralmente é composto por uma entrada à vista e o restante em parcelas.

Como financiar um imóvel?

Para muitos, adquirir uma casa ou apartamento costuma ser um dos maiores investimentos da vida. Portanto, o planejamento tem papel essencial. É fundamental pesquisar em diferentes instituições para descobrir como funciona o processo em cada uma, qual a documentação, as taxas de juros, o valor de entrada e prazos. Essa pesquisa pode significar fechar o melhor negócio ou padecer com dores de cabeça por anos a fio.

É importante lembrar que você não precisa financiar seu imóvel apenas em bancos. Existem outras instituições, como imobiliárias, que também oferecem essa modalidade aos seus clientes, ou seja, direto com o empreendedor. O lado positivo desse tipo de negócio é que a aprovação pode ser muito mais rápida e simples que em bancos.

Dicas e cuidados antes de assinar o contrato

E como conhecimento nunca é demais — principalmente quando falamos em adquirir imóveis — separamos abaixo algumas dicas e cuidados especiais:

Carta de crédito na mão

Não espere encontrar o imóvel dos sonhos para dar entrada na sua solicitação de financiamento. A partir do seu planejamento financeiro, você já saberá qual a faixa de preço e modalidade de pagamento mais adequadas, então vale a pena ter uma carta de crédito aprovado para poder fechar negócio rápido e não perder uma boa oportunidade quando ela aparecer.

Usando o FGTS

Você pode usar o seu fundo de garantia para dar entrada (ou ajudar no valor) no seu financiamento. Mas fique atento ao detalhe: o imóvel precisa estar avaliado em até R$ 750 mil (para os estados de MG, RJ, SP E DF) e de R$ 650 mil nas outras unidades federativas.

Atenção ao valor das prestações

Muitas vezes nos preocupamos com o valor da primeira e da última parcelas. Só que é preciso estar atento tanto aos valores de todas as parcelas (para não apertar demais o orçamento) quanto à quantia final a ser paga.

Idoneidade da instituição

Quando um negócio parece bom demais para ser verdade, geralmente é, mesmo. Aproveite a internet para pesquisar a firma a ser contrata e só assine contrato quando tiver certeza de que ela é a melhor (e mais segura) opção.

E agora que você aprendeu sobre como financiar imóveis com o mínimo de problemas, aproveite para fechar o negócio dos seus sonhos. E, se ainda ficou com alguma dúvida ou quer dividir sua experiência, use a área de comentários. Nossa equipe está sempre à disposição para ajudá-lo!

1 comentário em “Financiar imóveis: aprenda mais sobre isso”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *