Veja 4 dicas para investir o 13º salário com sabedoria!

Com o fim do ano se aproximando, uma das maiores expectativas dos brasileiros é o 13º salário. Essa renda extra oferece muitas vantagens, pois facilita a aquisição de bens e quitação de dívidas comuns na temporada. Mas se você não tem nenhuma conta em atraso, já pensou na oportunidade de investir o 13º salário?

O mercado financeiro oferece diversas opções de aplicação. Para escolher o ideal, basta analisar quais riscos você está disposto a correr, estudar sobre o investimento e aplicar o seu dinheiro. O 13º é pago em duas parcelas: a primeira deve ser disponibilizada ao trabalhador até o último dia do mês de novembro, e a segunda até o dia 20 de dezembro.

Quer conhecer as principais opções de investimento? É sobre isso que falaremos agora. Acompanhe!

1. Invista no Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa criado pelo Tesouro Nacional que viabiliza a venda de títulos públicos. Quando o seu dinheiro é investido no Tesouro Direto, portanto, significa que você está comprando as dívidas do governo e, em troca, receberá os juros dessa aplicação.

O governo utiliza os valores desses investimentos para financiar os projetos em infraestrutura, saúde e educação, e a sua rentabilidade pode ser pós ou prefixada. Nas pós-fixadas, somente será possível conhecer o seu retorno na hora em que você realizar o resgate. Já em relação à prefixada, você saberá exatamente quanto vai receber no momento da aplicação.

2. Aposte no CDB

Para captar seus recursos, os bancos emitem um título chamado de CDB (Certificado de Depósito Bancário). Grosso modo, a instituição financeira pegará o seu dinheiro emprestado para poder emprestar a outras pessoas.

Ao final da aplicação, o banco devolverá o valor investido acrescido de uma taxa de juros, a qual é definida no momento da aplicação. A sua rentabilidade também pode ser pré ou pós-fixada. Além disso, o CDB tem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), ou seja, se o banco falir e não ter dinheiro para lhe pagar, o fundo garante a quantia de até R$ 250.000,00.

3. Conheça a LCI e LCA

A LCI (Letras de Crédito Imobiliário) é um título emitido pelos bancos com a finalidade de angariar recursos para o setor imobiliário. Já a LCA (Letras de Crédito do Agronegócio), apesar de também ser emitida por bancos, tem o objetivo de arrecadar recursos para o ramo do agronegócio.

Nesse tipo de investimento, você também pode escolher se a sua rentabilidade será pós ou prefixada. Porém, se você optar pela pós-fixada, quanto mais alta estiver a taxa de juros, melhor será o seu retorno. A principal vantagem das LCIs é que elas são isentas de imposto de renda.

4. Confie nos investimentos em imóveis e lotes

Apesar da grande crise econômica do Brasil, a compra de imóveis e lotes nunca deixou de ser um investimento seguro. Além da valorização ser constante, esse tipo de investimento oferece segurança para toda a sua família, pois, o patrimônio será seu até que você decida o contrário e queira vendê-lo.

Os imóveis e lotes oferecem ótimas chances de rentabilidade: com o passar dos anos, você poderá obter bons lucros com a venda do seu imóvel, pois com o tempo os valores aumentam de uma forma bem significativa.

Investir o 13º salário é uma forma eficiente de fazer o seu dinheiro render e aumentar o seu patrimônio mesmo em tempos de crise. Portanto, antes de realizar qualquer aplicação, procure estudar e conhecer o seu investimento ao  máximo. Somente assim você conseguirá obter os melhores resultados!

Gostou das nossas dicas e quer aproveitar a oportunidade para assegurar uma aposentadoria tranquila? Baixe gratuitamente o nosso e-book e entenda como garantir a sua segurança financeira com esse benefício!

Provenda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *